É sempre bom informar-mos qual o propósito dos nossos objectivos e para que realmente servem os nossos projectos, então aqui vai:

O que é?

Este blog é como que uma porta aberta para poder contar um pouco a minha historia de vida, os meus altos e baixos, as coisas nas quais ainda posso dar opinião, e é onde eu falo e digo o que penso. Geralmente quando quero falar de alguma coisa, há sempre alguém que se interpõe e me consegue calar de qualquer forma, e o meu raciocínio perde-se porque simplesmente não há quem esteja interessado em ouvir. As minhas ideologias, as minhas sugestões, as coisas que não posso falar na cara de certas pessoas, sao aqui escritas e faladas de uma forma mais formal, quando possível, e pelo menos não há ninguém quem me cale e interrompa ou me leve a sentir ameaçado pelo que digo, então assim vao ler e depois dao a sua opinião, mas ao menos podem ler e ouvir o que penso delas ou de varias situações ao meu redor baseado em certas circunstancias ou pessoas.

Para que serve? Como foi criado?

O site foi na realidade criado em finais de Dezembro, e no inicio eu nao tinha um objectivo especifico sobre o mesmo. Nas semanas seguintes decidi que seria bom falar um pouco de mim e poder deixar para a minha filha algumas historias e relatos de quem foi o pai, o que fez, o que aprendeu, as falhas, os altos e baixos, as alegrias, etc. E uma vez que não tenho neste momento possibilidade de estar presente fisicamente com ela, (mas óbvio que estou presente de outras formas), achei que seria então uma boa maneira de um dia poder deixar alguma coisa para a minha filha já que não tenho riquezas, bens, ou heranças, mas sempre que posso digo-lhe que a amo e procuro um conselho para lhe dar, por muito pequeno que seja. A minha filha e a sua irmã sao as únicas pessoas que actualmente me dao ouvidos, atenção e mostram grande amor por mim. O resto, é mesmo isso: resto.

“As postagens ou artigos que escreves não te incomodam? Achas que as pessoas podem vir a ter outra ideia de ti?” – Pergunta de um leitor anónimo.

Durante muitos anos, mas muitos mesmo, sempre me calei para não ferir outras pessoas. Mas chega uma altura na tua vida que já te estas a cagar para o que os outros pensam, porque a mim toda a gente sempre disse tudo e mais alguma coisa, e eu, como sempre, calava. Isto acontece muito quando tu não estás por exemplo no teu território, queres te expressar seja pelo que for. Nem sempre é uma critica destrutiva, mas simplesmente as pessoas á tua volta não aceitam o que tens para dizer ainda que isso seja positivo, porque não estão preparadas para mudanças ou melhorias, ou seja la por que motivo for, talvez porque ate tenhas razao, e como sempre te viram como um elo mais fraco, acham que deves continuar assim para que outros possam ser superiores. Só que há limites.

Por isso, a ideia que as pessoas tem de mim, muito sinceramente não me importa, não me afecta em nada na minha vida actual. As pessoas com a idade mudam, umas para melhor, outras para menos melhor, mas mudam. A mesma pessoa que conhecíamos á 20 ou 30 anos atrás, nunca vai ser igual como nos dias de hoje, físico e psicologicamente.

E basicamente é isto. Siga para bingo! 😀
Mais perguntas, é só clicar aqui!

Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 5 / 5. Vote count: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.


Blog De Um Tuga

Criador do blogue "blogdeumtuga.com" fala e escreve sobre as suas experiências pessoais e aborda alguns assuntos de interesse dependendo do seu ponto de vista e opinião pessoal. Fotógrafo amador e blogger português. WordPress site designer. Locutor / Broadcaster.

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »