O que é que não está a correr bem?

Algumas regiões no Reino Unido (UK) estão agora no chamado Tier 4. Resumidamente e só para dar uma breve noção de como as coisas estão por aqui, este é o grau máximo onde terá de haver um lockdown local, as pessoas terão de ficar em casa e alguns estabelecimentos hoteleiros têm de fechar novamente. Mais ou menos isto.

Como já se aperceberam, eu trabalho num pub. E como já contei anteriormente, estamos a tentar fazer de tudo para manter o distanciamento social e regras impostas pelo governo mudando constantemente as formas de trabalhar e de organizar as coisas para que não tenhamos que voltar a fechar. Até aqui tudo muito bem. Acontece que isto não é França nem Portugal, e os britânicos não são propriamente aquele tipo de pessoas que seguem normas e regras á risca no geral.

Mais uma vez, foi imposto pelo governo uma nova regra ao combate da propagação do vírus e tentar manter os estabelecimentos abertos. E como?
Agora, todos os pubs que não sirvam refeiçoes vão ter de fechar. Aos que servem, não serão servidas bebidas alcoólicas antes das 11h30 da manhã. Podem pedir o pequeno-almoço mas acompanhado de cafés, sumos, etc. Podem até pedir um simples café e ficar ali o dia todo dentro do pub como é habitual. Após as 11h30, quem quiser beber bebidas alcoólicas, vai ter de pedir obrigatoriamente uma refeição normal. Os clientes poderão pedir 1 bebida antes e durante o “meal”, e mais 2 bebidas alcoólicas no final. Após isso vão ter de se retirar e podem voltar passadas umas 5 ou 6 horas depois. Eu estou a tentar entender onde é que neste novo método de serviço ao cliente, ou o que este tipo de serviço de mesas pode fazer para evitar a propagação do vírus. Mas continuando.

A táctica usada se calhar nem é má, mas para os clientes e funcionários do pub deveria ser uma forma de tornar as coisas mais fáceis, e é aqui que eu acho que era preferível voltar a fechar, do que perder dinheiro embora isto seja uma coisa na qual eu nem me devesse preocupar e nem sequer é da minha conta, porque na verdade dinheiro não me parece que seja um problema para a companhia que trabalho. Até porque o governo está metido nisto e está a ajudar.
Mas não é só isso. Vejamos os seguintes tópicos:

-A reação dos clientes

Os nossos clientes em geral são na maioria todos malta dos 50 anos para cima. Muitos pensam que lá porque estão ali todos os dias, são os únicos que injetam dinheiro dentro daquele pub. Só que não.

Depois, temos aquele tipo de clientela, que acha que somos nós, os funcionários e managers que na verdade estipulam as novas regras de funcionamento daquele estabelecimento. O que na verdade acontece é: o governo britânico contacta (sei lá como) as grandes empresas hoteleiras através do chamado Head Office de cada uma dessas mesmas empresas hoteleiras, o Head Office contacta os managers sobre a informação obtida pelo governo, e os managers contactam os supervisores, que, posteriormente informam os funcionários das novas regras ou métodos de trabalho que possam ser implementados. É assim que funciona, não tem nada que saber, é simples como a água.

Os clientes (regulars), ou neste caso os que vão ali quase todos os dias, deveriam ser os primeiros a nos apoiar e nos dar algum suporte. Mas como sempre, nem sempre é assim. Alguns acabam barrados e outros com um numero limitado de bebidas por pessoa.

Já para não falar que, quando um cliente entra, e quando informamos das novas regras, tais como clocar a mascara enquanto caminharem pelo pub até ás mesas ou WC, muitos desistem, ficam ofendidos, e vão embora, outros discutem com os funcionários e managers querendo impor as suas ideias contrarias, e muitas vezes os funcionários são insultados ou ouvem bocas desagradáveis sem terem culpa nenhuma, até porque na verdade, todos nós estamos ali a cumprir ordens, se não o fizermos temos de fechar e toda a gente fica em casa a lourear a pevide.

-Trabalho mais difícil para os funcionários

Atender ás mesas em geral, anotar pedidos, levar o meal ou bebidas ás mesas não é difícil de todo. Eu sempre fiz isto durante mais de 30 anos e gosto do que faço. Agora como temos de controlar o numero exato de bebidas que vão para cada cliente, isso é que já se torna um pouco difícil e nem sempre pode ser possível controlar.

Por acaso o pub não tem estado muito movimentado mas ainda assim alguns erros consecutivos ocorrem, mas imaginemos que o pub funcionaria ao ritmo ante-pandemia. Mesmo que tivéssemos staff suficiente nas mesas, não seria possível controlar mais de cento e tal clientes, mas não é esse o caso, tem dias que o pub está ás moscas. Só tem mais movimento na hora dos almoços e como é costume, só está uma pessoa no floor, eu, como sempre.

Eu posso controlar um numero limitado de clientes, e quando falo em controlar refiro-me ao numero de bebidas alcoólicas que cada um pode ter. Ou seja, eu nunca trabalhei neste estilo, nem mesmo em UK. Não só é difícil trabalhar neste ritmo, como não faz qualquer sentido para ninguém, nem para mim ou para os meus managers. Aparentemente daqui a umas poucas semanas vai ser feita outra revisão para saber se continuamos abertos ou se fechamos e todos os dias a qualquer momento tudo pode mudar.

-Movimento no pub / restaurante

Cada vez menos. É aqui que eu começo a pensar que se calhar fechar as portas por pelo menos 1 mês era uma solução que se calhar ajudaria em alguma coisa. É que ter um restaurante ou pub aberto durante aproximadamente 15 por dia tem os seus custos tais como pagar ao staff que também é reduzido, agua, luz, gaz, licenças, etc. Mas lá está, esta é uma companhia por um lado grande e protegida pelo governo, logo, custos diários não deverá ser um problema.

Muitos clientes, como foi dito antes, já deixaram de lá ir, mas alguns até é bom que não apareçam mais, há certo tipo de clientes que a gente na verdade não precisa.

-Impacto nos membros do staff

Alguns colegas meus já repararam que as novas formas de trabalhar não funcionam, mas não podemos fazer nada, muitos de nós já “desistimos” de ser atenciosos e dedicados ao que, ainda com algumas situações, era algo que sempre fazíamos até com os clientes mais arrogantes.

Físico e psicologicamente alguns de nós está cansado, já não temos gosto de estar ali, muitos já desistiram e procuraram outro pub da mesma companhia para trabalhar ou arranjaram outros trabalhos. Estamos cansados de tentar controlar pessoas que não nos ajudam em nada, que não compreendem o que se passa á volta e o porque de estarmos a fazer o que estamos a fazer.

Eu pessoalmente sinto que isto é aquela parte da minha vida em que é a primeira vez que trabalho num restaurante mas eu tenho me aguentado e dia após dia tento sempre fazer e mostrar o meu melhor. Afinal de contas este é o meu ganha-pão, não me posso dar ao luxo de sair de um sitio sem ter um outro trabalho em vista ou uma garantia, pelo menos não por agora. Dá a impressão que nunca fiz isto antes, e em alguns membros do staff nota-se que a sua qualidade de trabalho está a regredir. Parecemos todos novatos.

Mas claro, continuamos até ver onde isto vai parar.

Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 5 / 5. Vote count: 1

No votes so far! Be the first to rate this post.


Blog De Um Tuga

Criador do blogue "blogdeumtuga.com" fala e escreve sobre as suas experiências pessoais e aborda alguns assuntos de interesse dependendo do seu ponto de vista e opinião pessoal. Fotógrafo amador e blogger português. WordPress site designer. Locutor / Broadcaster.

Translate »