Dia de aniversário, ou um dia comum?

No próximo dia 23 de Agosto é o meu aniversário. Este é o dia em que as pessoas como eu convidam alguns dos seus amigos e familiares, e onde a uma determinada hora do dia, todos se reúnem e festejam o aniversário de uma pessoa que gostam muito e na qual se identificam. É um quadro giro, falado desta maneira até parece que vai ser uma festa de arromba, com musica, presentes, pessoal animado e o aniversariante a cortar o bolo para toda a gente… Enfim, quase um aniversario para crianças, mas com álcool.

Até uma certa data na minha vida tive isto e muito mais. Os meus pais costumavam convidar os meus irmãos e amigos da família para poderem estar presentes no meu aniversário (uma vez que não podia ter muitas amizades na vizinhança), e era um dia que era festejado e desejado por todos, principalmente por mim.

Os presentes esses então eram a parte melhor. Tive aniversários onde recebia roupa, uma vez ofereceram-me um computador, havia um senhor que se chamava Queiroz, um amigo do meu pai, que me oferecia sempre qualquer coisa quando ia visitar o meu pai e não só no meu aniversário, e os presentes aparte de roupa eram baseados em legos, carros, cadernos, bandas desenhadas, enfim, tudo o que se possa imaginar.

Á data de hoje, eu acho que os meus aniversários podiam ser um pouco diferentes, mas atenção que eu já me habituei ao estilo actual. Estilo esse que se baseia em ficar o dia todo em casa, receber alguns “Feliz Aniversario” pela internet ou mensagem, sem bolo, sem amigos ou conhecidos presentes, e o tédio normal de um simples dia de folga, quando a tenho. Nesta idade já não é pelos presentes, ou pelas coisas palpáveis, é mais pela presença daqueles que nos admiram e se sentem bem connosco. E na minha opinião, as pessoas até podem chegar de mãos vazias, mas a presença de alguém é muito importante, principalmente em datas como esta, aniversários, dias de Natal e até Ano Novo.

Isto deve ser normal acontecer com quase todos nós, o meu problema é que eu ainda sou muito old school, e estou sempre á espera que cada ano as coisas sejam diferentes… Aliás, este ano quer a gente queira ou não, as coisas vão ser muito diferentes para grande parte da população mundial uma vez que em algumas partes do mundo ainda há que manter o distanciamento de segurança.

Isto tudo para dizer o quê?
Se estão numa fase igual á minha, tentem se habituar e perceber que nem sempre podemos ter valor para toda a gente, nem sempre podemos esperar que se lembrem de nós só porque sim. Há uma certa fase na nossa vida em que somos colocados de parte, não porque as pessoas sejam contra nós, mas porque existem prioridades na vida de quem nos conhece. E, decididamente, nós não seremos mais uma prioridade. É triste? claro que sim, mas a vida continua e temos de aprender a viver neste paralelo como se na realidade fosse, e é, a unica coisa que temos, porque no fundo é o que é, e as coisas são como são.

Por isso não desanimem e principalmente não falem muito sobre esta situação que eventualmente possam estar a viver. As pessoas nunca vão perceber e ainda vos vão criticar se acharem que devem fazer. As mentes mais retrogradas vão achar que se estão a fazer de coitadinhos, como diz o povo.

Entretanto, para todos os que fazem anos hoje (independentemente da data em que estejam a ler este artigo), Feliz Aniversario e espero que tenham tudo de bom e de melhor! 😀 Sejam felizes todos os dias!! 🙂

Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 5 / 5. Vote count: 3

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhe este artigo nas suas redes!