De volta ao trabalho e a liderança de managers e supervisores

Depois de muito tempo em casa finalmente voltámos ao trabalho.
Principalmente num país como o que eu vivo, e como já era de esperar, as coisas parece que em alguns sítios não correram exactamente como esperado. Parece que houve uns pubs que encheram, ninguém cumpriu medida nenhuma de distanciamento, nem usaram mascara, e andaram todos empilhados uns nos outros como se não houvesse amanha e no fundo se tratasse de uma orgia.

Como já leram num artigo anterior, o pub onde eu trabalho finalmente abriu. As regras foram razoavelmente bem seguidas, não houve problemas durante o dia, mas á noite quando estávamos a fechar, houve alguém que bebeu demais e simplesmente não queria sair do estabelecimento.
Mas isto meus amigos, é o prato do dia nesta companhia, e as únicas pessoas que podem lidar com casos menos bons são os managers, eles ganham bem e têm seguro para isso, então, eles que se desemerdem, que é mesmo assim.

Foi bom nas primeiras horas em voltar ao trabalho, eu já estava farto de estar em casa. Muitos de nós pensámos que os clientes, managers e até mesmo alguns membros do staff, iria agora encarar a vida e o futuro com outros olhos, e depois de tanto tempo talvez este tivesse ensinado algo ás pessoas.
Só que não.

Eu falo por mim e baseado no meu local de trabalho. Os managers continuam na mesma.
Os que são boa onda continuam na mesma, e os que são arrogantes, antipáticos e frios parece que ainda ficaram piores. Eu ainda tinha apenas 4 dias de trabalho e já tive de levar com a arrogância e antipatia de um deles. Felizmente eu ainda aprendi e melhorei alguma coisa durante estes últimos 4 meses, já outras pessoas não tiveram essa capacidade que, neste país, para alguns, o melhorar e aprender são coisas que não estão muito ao alcance de quem é de cá.

Contudo, eu tenho tentado ignorar e levar as coisas numa forma pacifica e de maneira a não sair prejudicado só porque alguém teve a infeliz ideia de falar ou dizer algo de uma forma menos boa.
Como eu ja tinha referido, eu entendo que uma pessoa que gere um estabelecimento comercial, e ainda para mais agora que ainda estamos a tentar sair desta coisa do Covid, tenha que ter mais responsabilidades e liderar todos á sua volta além de outros assuntos que dizem respeito ao negócio. Mas somos pessoas, e temos de ser tratados com respeito, pois as empresas não funcionam sem elas.

Entretanto, no que diz respeito a clientes conflituosos, já foram reportados 4 casos desde o dia da abertura. Tirando isso, estamos a funcionar dentro do normal e lentamente as coisas vão voltar ao que eram antes.

Assim esperemos.

Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 4.8 / 5. Vote count: 4

No votes so far! Be the first to rate this post.

0 0 vote
Article Rating
Partilhe este artigo nas suas redes!