Passou uma semana e alguns dias após termos sido forcados a largar os nossos postos de trabalho no Reino Unidos em alguns bares, restaurantes e cafés. O pub onde trabalho fechou mais cedo numa sexta-feira e já não abriu mais no dia seguinte, mas ainda assim tivemos que nos apresentar ao serviço para poder fazer limpezas e organizar as coisas de modo a que a re-abertura fosse mais simples no futuro.

A minha quarentena resume-se a acordar tarde, computador, refeiçoes, e muito raramente ir fazer compras quando é mesmo preciso. Tenho lido bastante, principalmente coisas que aparecem na tela do computador (Facebook, Twitter, etc.) ; muito exercício físico que vai desde a cozinha, passa pelo quarto e poderá terminar no WC, uma vez que moro num 2ndo andar mas na mesma casa; quando tenho de ir fazer compras, por alguma razão, tenho aquela sensação de que todo o mundo me está a observar. Tipo eu sei que tenho de ficar em casa, e os cuidados tem sido cada vez mais reforçados e já dei por mim a fazer coisas com mais frequência que não fazia antes, talvez por falta de tempo ou cansaço.

Os sintomas deste virus que muito se fala, aparentemente ainda não me atingiram, e espero bem que não aconteça, pois tenho pessoas e empresas que dependem de mim… Sim, nunca disse isto a ninguém mas sou um empresário bastante reconhecido e correcto onde pago a tempo e a horas aos meus funcionários, funcionários tais como Vodafone, IONOS, e o meu senhorio. Lol. (Só os mais inteligentes vão entender esta piada).

Voltando aos sintomas, tenho tosse mas porque infelizmente sou fumador, febre não tenho mas ultimamente tem estado um calor do caracas, (á data desta postagem o tempo começou a ficar mais frio e voltou a chover em UK), dores no corpo quando me levanto da cama, mas isso acontece a pessoas que dormem “muito” e com a minha idade e já estou na casa dos 40 (eu também não acreditei quando fiz as contas, mas pronto, acho que o problema é mesmo o colchão) xD lol

E basicamente não tenho assim nada que me possa queixar.
É obvio que eu não gostava de tar sozinho e gostava de poder receber mais chamadas de “amigos” e outras pessoas, mas a minha ante-quarentena e pós-quarentena sinceramente não são muito diferentes uma da outra á excepção de que não posso sair á rua, mas o resto mantem-se.

O tempo que estou em casa deu-me oportunidade de organizar as minhas coisas e principalmente a minha despensa. Não gastei muito dinheiro em comida, mas comprei o suficiente para que possa fazer porções para poder guardar no congelador e cozinhar quando for necessário e também evitar mandar comida para o lixo. Comprei outros ingredientes e se tudo correr como previsto, tenho mantimentos para aproximadamente 2 semanas. Possivelmente mais, mas para um par de semanas deverá ser o suficiente, e isto claro, só para uma pessoa.

Para desanuviar mais a mente e poder estar distraído com outras pessoas ainda que online, comecei a alguns dias a fazer emissões pela internet numa web radio na qual eu me disponibilizei a fazer a sua divulgação e pouco mais tenho feito para ocupar os meus dias.

A preocupação de como será o meu futuro pessoal e deste país são coisas nas quais penso bastante, mas não vivo só a pensar nisso. Por enquanto o meu posto de trabalho está assegurado e vou ver se nesta próxima sexta feira seremos pagos mediante as informações que nos foram dadas pelo governo e pelo restaurante para o qual eu trabalho.

E agora é so ficar em casa e aguardar para ver como vai ser daqui para a frente.

Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 5 / 5. Vote count: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.


Blog De Um Tuga

Criador do blogue "blogdeumtuga.com" fala e escreve sobre as suas experiências pessoais e aborda alguns assuntos de interesse dependendo do seu ponto de vista e opinião pessoal. Fotógrafo amador e blogger português. WordPress site designer. Locutor / Broadcaster.

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »