2020 marca o centenário da fadista Amália Rodrigues – 1920/2020

Amália na Voz
Texto de homenagem por Beto Valles

FOSTE TRINAR DE SAUDADE
UMA GAIVOTA QUE ARDE
NO MEU NEGRO CORAÇÃO
POVO QUE LAVAS NO RIO
DA SAUDADE QUE SENTIU.

AO PERDER A EMOÇÃO
DA VOZ, QUE O POVO HERDOU
FOI CANTO QUE CAMÕES DEIXOU

POR TEU LIVRE PENSAMENTO
OLHANDO LISBOA NO CAIS
DE ALCÂNTARA ESCUTO SEUS AIS
VENDENDO LARANJAS AO VENTO

AI MOURARIA, CANTAS-TE
DA MALDIÇÃO QUE ENCONTRAS-TE
EM PERFEITO CORAÇÃO
FOSTE SENHORA DO FADO
RAINHA EM TEU MANDATO
FOSTE POVO E A RAZÃO

CONFESSO EM CERTA SAUDADE
DE UM DIA OLHAR PRA VERDADE

ZANGUEI-ME COM MEU AMOR
BARCO NEGRO NUM SÓ GRITO
TRAJADA DE PRETO RICO
CANTAS PORTUGAL COM DOR

TRAGO FADO NOS SENTIDOS
NESTA ESTRANHA FORMA DE VIDA
DE CANTAR ABANDONO EM NÓS
SOMOS TODOS DA MEMORIA
TRAZ-NOS COM MUITA GLORIA
SEMPRE AMáLIA NA VOZ!


Qual o seu grau de satisfação deste artigo?

Average rating 5 / 5. Vote count: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhe este artigo nas suas redes!